#
EXPERIÊNCIA QUE VENDE

O varejo tem enfrentado uma crise nos últimos tempos. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio, desde 2017  mais de 200 mil lojas foram fechadas no Brasil.

Além disso, por conta dos diversos desafios vindos com a mudança do comportamento dos consumidores e das novas tecnologias, os varejistas saíram de sua zona de conforto e precisam mudar o mindset para uma cultura focada no cliente.

Atualmente já é nítida a crescente busca por estratégias centradas no cliente, com foco, não apenas no “comprar”, mas no “como comprar”. Ou seja, a experiência do cliente vem como uma maneira de reinvenção para que os varejistas permaneçam vivos independentemente de crise ou mudanças globais.

#
EXPERIÊNCIA QUE VENDE

O varejo tem enfrentado uma crise nos últimos tempos. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio, desde 2017  mais de 200 mil lojas foram fechadas no Brasil.

Além disso, por conta dos diversos desafios vindos com a mudança do comportamento dos consumidores e das novas tecnologias, os varejistas saíram de sua zona de conforto e precisam mudar o mindset para uma cultura focada no cliente.

Atualmente já é nítida a crescente busca por estratégias centradas no cliente, com foco, não apenas no “comprar”, mas no “como comprar”. Ou seja, a experiência do cliente vem como uma maneira de reinvenção para que os varejistas permaneçam vivos independentemente de crise ou mudanças globais.

# ESTAMOS VIVENDO A ERA DAS EXPERIÊNCIAS

Não há como fechar os olhos para essa realidade. Em linhas gerais, pode-se afirmar que tudo é serviço. Por mais simples que seja o seu produto, você se engana se acredita que não oferece serviço. Isso porque nós vivemos a lógica do serviço dominante.

Essa lógica defende que o serviço é a base das trocas e que as organizações, os mercados e a sociedade estão preocupados com a troca de serviços, que envolvem as aplicações de competências para o benefício de uma parte.

Neste vídeo trato deste assunto

Significa dizer que o serviço é trocado por serviço, todas as empresas são empresas de serviço, todas as economias e todas as sociedades são baseadas em serviço.

# Veja alguns exemplos de empresas que seguem claramente a lógica do serviço dominante:

Burger King disfarça lanches de pipoca para clientes entrarem no cinema
Criatividade na embalagem

A Petz criou uma conexão incrível para apoiar a causa dos cãezinhos abandonados
Foco no ser humano e, neste caso, no animal também.

Mas você deve estar pensando “Criar experiências assim devem requerem um alto investimento…” Nem sempre.

Experiência não precisa custar caro. Às vezes é um sorriso, uma atenção, é se conectar com as pessoas. Foque no seu cliente, explore seus sentimentos e ofereça uma experiência única. Experiências vendem e emoções encantam.

# QUER VENDER MAIS?

Marcelo Pimenta é ideal para descomplicar a experiência do cliente. Tem formação em jornalismo, marketing e é mestre em planejamento estratégico.

Com 25 anos de atuação em projetos inovadores, é professor de inovação e design thinking na pós-graduação da ESPM, consultor do Sebrae Nacional e representante brasileiro em Paris junto ao NetExplo – fórum acadêmico da UNESCO que identifica as inovações que mudam o mundo.

Contrate a palestra “Experiência que vende”, com Marcelo Pimenta.

Nela, ele:

null

descomplica a experiência do cliente;

null

explica porque tudo é serviço;

null

mostra casos criativos de experiência do cliente focado no público que está assistindo;

null

dá dicas práticas de como os participantes podem melhorar a experiência do cliente a partir daquele momento.

# LEVE PARA SUA CIDADE

Marcelo Pimenta
Marcelo Pimenta
Marcelo Pimenta
Marcelo Pimenta

#PALESTRAS
#CURSOS
#WORKSHOPS

Inspire sua equipe. Renove sua criatividade. Aprenda a inovar na prática.

Menu
WhatsApp chat